OMS descarta fechar fronteiras do México

A Organização Mundial da Saúde (OMS) descartou hoje o fechamento das fronteiras do México e demais países afetados pela gripe suína, no momento em que negou-se a não recomendar restrições de viajens a estas nações.

O porta-voz da OMS para epidemias, , Gregory Hartl, argumentou que essas medidas tem demonstrado “pouca efetividade” em outros casos, como o da Síndrome Respiratória Aguda Severa (SARS) há alguns anos.

“Neste momento o mais indicado é atenuar a doença nos lugares onde apareça”, declarou Hartl em uma conferência de imprensa no Palácio das Nações em Genebra.

Agregou que as pessoas contaminadas pelo vírus podem não apresentar os sintomas no aeroporto ou ao passar pela fronteira de um país a outro, pelo que colocar pontos de vigilância neste momento não é eficaz.

“Colocar controles nas fronteiras não serve, colocar pontos de vigilância não funciona”, afirmou Hartl ao considerar que o que é verdaderamente útil é a prudência de cada pessoa ao decidir se viaja ou não a um país afetado.

Assim mesmo reiterou que “não há nenhum perigo de comer carne suína, se a cozinha bem assim como qualquer outra carne, pois morrem todos os virus.” De acordo com um experto da OMS, todo contágio foi de humano a humano, não do contato direto com o animal.

Fonte: www.eluniversal.com.mx
Foto: www.aeroblog.blogspot.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s