Beijing – A Cidade Proibida

A Cidade Proibida foi o palácio imperial da China durante quase cinco séculos. Construído entre 1406 e 1420, serviu como residência do Imperador e da sua corte em diferentes dinastias, sendo o centro cerimonial e político do governo chinês.

O título de Cidade Proibida surgiu pelo fato de que somente o Imperador, a Imperatriz, seus filhos e as centenas de amantes ou concubinas do Imperador além de seus empregados especiais tinham permissão para entrar no conjunto de prédios do maior palácio do planeta, o qual acredita-se que tinha 9.999 aposentos. Qualquer outra pessoa que ousasse atravessar seus portões sem a devida autorização era sujeita a uma execução sumária e dolorosa.

Atualmente o complexo consiste em 980 edifícios, com 8.707 aposentos e uma área de 720.000 metros quadrados. O complexo exemplifica a arquitetura palaciana tradicional chinesa, tendo exercido influências culturais e arquitetônicas na Ásia Oriental e em outras partes do mundo. A Cidade Proibida foi declarada Patrimônio Mundial da Humanidade em 1987. Seu último morador foi o Imperador Puyi, expulso em 1912 com a fundação da República da China (R.O.C.) – essa história é contada no filme “O Último Imperador”.

A visita pode durar várias horas, de acordo com o tempo e interesse do visitante. Para entrar é preciso esperar na fila e comprar o ingresso. É possível alugar um audio guia que está disponível em inúmeros idiomas. Vale a pena usá-lo pois no meio de tantos monumentos, salões e jardins fica mais fácil tendo ajuda.

 

Trono do Imperador

 

 

Alguns dos palácios dentro do palácio.

 

A vizinhança da Cidade Proibida também é muito interessante. Existem alguns jardins que eram parte da residência dos irmãos do Imperador (de acordo a um cara que conheci na Praça da Paz Celestial e me contou essa versão) e também muitos parques muito bonitos como o Jingshan de onde se tem uma interessante vista da cidade proibida e do por do sol. Outro ponto turístico que fica nesta região e é muito bonito é o famoso e milenar Parque Ben Hai.

 

Jardins ao sudoeste da Cidade Proibida.

 

 

A Cidade Proibida de um ângulo diferente, vista do Parque Jingshan.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s