Templo do Céu / Temple of Heaven

天坛

O Templo do Céu é o maior complexo de templos Taoístas da China e também um dos símbolos de Beijing. Foi construído no início do século XV quando no México reinavam os Astecas e o Brasil nem aparecia no mapa mundi.

Este templo foi contruído para pedir a proteção dos céus celestial para as colheitas na Primavera e dar graças pelos frutos obtidos no Outono.

Está situado ao sul de Beijing e esta foi minha segunda tentativa de conhecê-lo. Da primeira vez em 2008 batemos com o nariz na porta pois chegamos alguns poucos minutos depois do horário de visita. Desta vez, tive medo de que o mesmo acontecesse…. e aconteceu.

Nos dividimos em dois grupos e o meu taxi fez um caminho mais comprido. Quando chegamos o templo já estava fechando. Por sorte fizemos um cambalacho e eu consegui entrar com o ingresso de um dos que estava saindo, como se estivesse “reentrando”.

O Templo do Céu em realidade é todo um parque enorme, mas a parte importante é a Sala de Orações pelas Boas Colheitas, que é onde é necessário ingresso para entrar.

Este templo é uma uma construção circular, de diâmetro de 30 metros e altura de 38 metros. Construído sobre três terraços circulares de mármore branco, o edifício ergue-se sobre 28 pilares de madeira e muros de ladrilho. Não tem nenhuma viga.

A sala tem um triplo telhado construído com telhas de cor azul e está rematado por uma bola dourada na sua cúpula. Este edifício foi destruído por um incêndio em 1899 e reconstruído no ano seguinte.

O Altar Circular ou Altar do Céu é uma construção aberta que se liga à Sala da Oração pelas Boas Colheitas mediante um caminho de pedra e ladrilhos de mais de 350 metros de comprimento. Construído em 1530, o altar consta de três terraços concêntricos rodeados de varandins de mármore branco e de vendedores de bugigangas falsificadas.

Cada lance de escadas que conduzem ao cimo do altar é formado por 9 degraus, já que os chineses consideram o número 9 como número de boa sorte. A acústica especial do lugar permite que, se alguém fala no centro do altar, o som aumente e se escute em todos os locais da sala.

Outro ponto interessante do complexo é a Abóbada Imperial Celestial (tudo na China é Celestial) que era era onde os imperadores prestavam homenagem aos seus antepassados. Trata-se de uma construção muito parecida à Sala da Oração pelas Boas Colheitas, embora de um tamanho menor: 19 metros de altura por 15,6 metros de diâmetro.

A abóbada está rodeada pelo muro do eco, uma singular construção redonda de cerca de 60 metros de diâmetro. Uma pessoa pode colocar-se em qualquer ponto do muro e a sua voz ouvir-se-á claramente no ponto oposto já que o som se transmite ao longo da superfície da parede.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s