Mărțișor Ferici / Feliz Primavera

Nestes primeiros dias de março um bonito costume da Romênia é presentear as pessoas queridas com um “martisor”. Existem registros arqueológicos de que esta tradição existe há mais de 8.000 anos. Não sou tão antigo mas desde que me entendo por gente lembro que minha avó e depois meus primos nos mandavam os “martisori” nesta época do ano.

O “martisor” é feito com fios de lã vermelhos e brancos com pedrinhas ou outros adornos pendurados que se usa como enfeite na roupa e que originalmente eram usados no pescoço.

As cores representavam a dualidade do cosmos (presente em todas as culturas): a energia femenina em vermelho e a masculina em branco. Também todos os pólos opostos da natureza: guerra e paz, frio e calor, etc. Podem ser entendidas como as duas energias que formam o universo e determinam um novo ciclo, também conhecidas por ying-yang. Tomando em conta que  há 8.000 anos a sociedade era matriarcal e a energia femenina se encontrava em todas as suas formas. Por exemplo, as energias superiores que atuavam na agricultura eram considerados aspectos femeninos de deus e se venerava a deusa da terra que era associada a cerâmica, ao artesanato, a pintura, ao plantio, a colheita, a nutrição e a procriação. Os ritos à deusa eram importantes antes do plantio e da chegada da primavera.

O martisor era parte de um ritual relacionado diretamente com o novo ciclo e com a agricultura. Com a vida e a fertilidade representada pela cor vermelha (cor do sangue, do fogo, da paixão) e com a morte e o inverno representeado pela cor branca (cor da neve, da água, das nuvens). Se tratava de uma celebração à primavera, na qual se orava e se sacrificava um animal. As cores das pedrinhas do martisor simbolizavam as energias opostas do cosmos. Os fios de lã entrelaçados representavam a passagem de um estado ao outro e a armonia que existe na fusão entre duas energias opostas. Como o frio com o calor que dão passagem a primavera ou como a chuva e o sol (água e fogo) que trazem consigo o arco iris.

As duas cores representavam também a continuação da vida depois da morte e ainda podem ser vistos nos costumes da Romênia como as vestimentas das moças recém casadas e nas cerimônias de nascimento e enterros. A deusa relacionada com o ritual do “martisor” era Baba Dochia que tinha sua origem no culto à Grande Mãe. O período entre 01 e 09 de março é chamado de “dias das idosas” (zilele babelor). Nestes dias se crê que Baba Dochia aparece e então a primavera luta com o inverno até vencê-lo. Por isso se invocava e celebrava a energia femenina regeneradora que entra em jogo nesta época do ano colocando tudo em movimento e criando a transformação. A Grande Mãe, “Magna Mater”, “Cybele” ou “Pachamama” é a única imagem divina representada nas mais antigas figuras e pinturas da humanidade (10.000 a.e.c.). Seguramente é por isso que o “martisor” é dado principalmente para as mulheres. Os “martisori” eram e são dados de presente durante o mesmo período de “babele” e pode ser que também se tratava de representar (no ritual) a passagem do inverno para a seguinte estação (com o homem dando o martisor à mulher).

O nome “martisor” vem do nome do mes de março (martie) e do deus romano da primavera, da agricultura e da guerra, Marte. Este é um deus masculino e isso somado a transformação da sociedade em patriarcal e à proibição ao culto às deusas femeninas na época do primeiro imperador romano cristão levaram a uma certa distorção dos costumes originais.

Hoje o costume de presentear os familiares e amigos (principalmente mulheres) com o “martisor” continua em toda a Romênia e também em países próximos como a Moldavia, Macedônia, Albania e Bulgaria.

Vejam neste video outros detalhes interessantes desta celebração milenar.

"Mărțișor Fericit" ou Feliz Primavera!

Anúncios

3 respostas em “Mărțișor Ferici / Feliz Primavera

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s