O casamento do meu amigo Príncipe

O Duque e a Duquesa de Cambridge

Este é o assunto do momento, em todo o planeta se fala do Casamento Real do Príncipe William com Kate Middleton, agora Duque e Duquesa de Cambridge. Infelizmente não pude comparecer mas aproveito contar como foi o meu encontro com o famoso noivo.

Convite para o Casamento Real

Em 2007 celebramos os 100 anos da criação do Escotismo durante o XXI Jamboree Mundial, em Highlands Park, ao norte de Londres – um evento para 40.000 jovens e adultos de praticamente todos os países do mundo.

Os Chefes de Estado ou seus representantes costumam abrir estes eventos. No Jamboree da Holanda foi assim, com a presença da Rainha Beatriz, no Chile com o Presidente Eduardo Frei Ruiz-Tagle, na Tailândia com o Príncipe Maha Vajiralongkorn. Para aquela ocasião na Inglaterra havia uma grande expectativa de que a Rainha Elizabeth II comparecesse. A Rainha não foi, mas mandou dois representantes: seu primo-irmão, Príncipe Edward, o Duque de Kent, que é o Presidente de Honra dos Escoteiros do Reino Unido e seu neto, Príncipe William, quem representava oficialmente a coroa britânica pela primeira vez.

Para receber os Príncipes, foi organizado um coquetel e algumas atividades para que eles pudessem viver um poco do que seria o Jamboree que estava por começar. Para isso, cada país selecionou um adulto que iria à recepção e um pequeno grupo de jovens para fazer as atividades com o príncipe. Tive o prazer de representar o Brasil neste evento junto com os jovens curitibanos da foto abaixo.

Representantes Brasileiros na recepção ao Príncipe William

Antes da chegada dos representantes da realeza, tivemos uma reunião coordenada pelo John May que era o Chefe de Campo (hoje é o 1o Vice-presidente do Comitê Escoteiro Mundial). Ele nos explicou o protocolo para falar com o Príncipe William e os demais membros da Família Real. Todos aqueles que eram provenientes de países do Commonwealth (grupo de países com laços históricos com o Reino Unido mais Moçambique e Ruanda) tinham que seguir algumas regras que incluíam a maneira de dirigirse a Sua Alteza e atitudes como não virar de costas a eles; todos os demais, simplesmente deveriam ser educados e em ambos casos, sob nenhuma hipótese, podíamos toca-los (talvez uma mensagem a nós latinos que adoramos abraçar e beijar todo mundo). Também fomos orientados a não fazer muitas perguntas ao Príncipe pois como era seu primeiro ato oficial ele poderia ficar nervoso ao não saber responder e ninguém podia deixá-lo embaraçado.

Chegada do Príncipe William a Highlands Park

Na recepção, estive realmente próximo ao Príncipe e tive o prazer de conversar rapidamente com a Duquesa de Kent, Katharine, esposa do Príncipe Edward. Ela me perguntou sobre o Escotismo no Brasil e como eu me sentia por estar na Inglaterra.

Essa história parece mentira e infelizmente a bateria da minha câmera fotográfica acabou justo quando cheguei ao coquetel. Nunca recebi as fotos que tiraram na ocasião, com exceção desta onde apareço com os representantes de Portugal, Reino Unido, Espanha, Angola e meu amigo Dionicio Gutierrez, Escoteiro-Chefe da Guatemala (e nada do Príncipe).

Coquetel para a Familia Real

Deste pequeno coquetel o cortejo real passou por algumas atividades nas quais jovens de todo o mundo puderam mostrar um pouco do que é o Escotismo.

O jovem Príncipe participou de algumas das atividades e recebeu muitos presentes, especialmente lenços. Numa das fotos que saiu em jornais de todo o planeta ele aparece batucando tambores e usando um lenço do Brasil.

Sua Alteza com o lenço dos Escoteiros do Brasil (azul claro)

Principe passeando pelo Jamboree

Aprendendo alguma música escoteira

Foto da minha amiga Raquel Hoshino - ela sim tinha bateria na câmera (profissional é outra coisa)

Hoje no casamento (29/04/11) os Escoteiros tiveram uma participação especial. Duzentos e cinqüenta jovens do Ramo Sênior participaram vendendo o programa do casamento e o dinheiro arrecadado será doado a instituições escolhidas pelo novo casal. Além destes, muitos outros jovens e adultos compareceram uniformizados representando o Movimento Escoteiro.

Venda do programa do Casamento Real

Anúncios

Llanfairpwllgwyngyllgogerychwyrndrobwllllantysiliogogogoch

Um dos nomes de lugar mais compridos do mundo: Llanfairpwllgwyngyllgogerychwyrndrobwllllantysiliogogogoch…. Este é um lugar que ainda não conheci, mas navegando pela internet encontrei essa informação que me chamou muita atenção.

Llanfairpwllgwyngyll(gogerychwyrndrobwllllantysiliogogogoch) ou Llanfair PG é a localidade com o nome mais comprido do Reino Unido e um dos mais longos de todo o mundo, com 58 letras (51 no alfabeto galês , em que -ll- e -ch- contam como letras únicas). Está localizada na ilha Anglesey, no País de Gales.

É uma palavra de origem galesa e em inglês significa “St Mary’s church in the hollow of the white hazel near a rapid whirlpool and the church of St Tysilio of the red cave”, ou seja “Igreja de Santa Maria no fundão do aveleiro branco perto de um redemoinho rápido e da Igreja de São Tisílio da gruta vermelha”.

Gorsafawddacha’idraigodanheddogleddollônpenrhynareurdraethceredigion (com 68 letras), era o nome de uma estação de comboio, que havia sido nomeada para rivalizar com o nome desta localidade.

Nos sinais das estradas, a localidade encontra-se assinalada como Llanfairpwllgwyngyll, Nos mapas, encontra-se como Llanfair Pwllgwyngyll e os seus habitantes tratam-na por Llanfairpwll ou tão somente Llanfair.

Este é um dos letreiros com o nome da cidade de pouco mais de 3.000 habitantes que evidentemente é um dos lugares preferidos pelos turistas para tirar fotos.